Pedra do Bispo (do Segredo) - Rio Claro RJ

/
4 Comments
Todo mundo acha que quem mora do Rio de Janeiro deve passar o carnaval no lugar que tem a maior festa de carnaval do mundo, mas eu penso diferente. Escolhi ficar longe da cidade e curtir na tranquilidade (entre trancos e barrancos) da natureza :)
Fui passar o carnaval na cidade de Rio Claro no interior do RJ, só que la ao contrário do que muitos pensam de que la não tem nada pra fazer (e é verdade ), não fiquei 100% livre do carnaval, porém pra tudo tem um jeitinho.
Lá estávamos eu, Jorge(Ibitipoca lembram?) e a Dara(irmã do J) indo acampar a principio na Pedra do Bispo.
A pedra do Bispo está no Morro do Rastro a 1560m de altitude. Muitos pensam que a pedra da esquerda é a Pedra do Bispo só que ela, segundo os moradores locais mais antigos, é a Pedra do segredo, e a da direita a mais alta é a Pedra do Bispo Original.
Contam ainda que pela facilidade de subir a Pedra do Segredo, a cruz foi construída la, assim todos pensam que é a Pedra do Bispo.



Começamos nossa trilha depois do Morro do Estado, você pode ir até esse ponto de carro. O Jorge já tinha ido algumas vezes e garantiu que sabia o caminho para chegar no final da trilha. Logo no começo diferente das minhas outras viagens que tudo acontece no final um touro bloqueou nossa trilha, tivemos que fazer um pequeno desvio por um morro sem trilha e bem inclinado, só para não passar por ele hahaha!! Sobrevivemos e fizemos uma pequena pausa apos isso para comer uma banana (potássio \o/)




Enfim, continuamos nossa aventura por Rio Claro, depois de um tempo, já bem cansados e com muito SOL na cabeça, quando chegamos um pouco mais a frente eu e o Jorge começamos ver coisas jogadas no chão, uma mochila, um boné, uma toalha... cada um em um canto da trilha, quando olhamos mais a frente estava Dara jogada em um riacho que atravessava a trilha, se molhando toda. De fato aquele riacho ajudou muito, a água estava bemmmm gelada!!

Descansamos mais um pouco e continuamos, antes de chegar na parte da trilha que entra pra floresta a Dara estava muito cansada, com dor. Pensamos em parar e acampar ali mesmo, até porque já tinha uma vista bem bonita de onde paramos mais uma vez :P


O Jorge insistiu pra gente continuar falando que estava chegando e que se a gente ficasse cansadas iriamos acampar depois da floresta e que tinha vista bonita...
Beleza... lá fomos nós dentro da floresta, andando sem parar e só subindo... chegando ao final, não vi nenhuma vista e nada pra acampar, ficamos desesperadas -.-. Tão desesperadas que Dara achou um osso no chão e deu uma de mulher das cavernas com o osso. Efeitos colaterais da Pedra do Bispo.

Nesse ponto o Jorge falou: "vamos andar mais, devemos encontrar algum lugar para acampar", estávamos escutando isso desde antes da floresta, mas tudo bem.
 Andamos e andamos mais, paramos e o jorge foi procurar um lugar para acampar, depois de um bom tempo quando ele voltou ele falou: "Achei um lugar ótimo para acampar fica perto de um curral."



Eu confesso que estava morrendo de medo de chover e ai cair um temporal ou um raio... Adorei a ideia do curral porque eu pensei que tinha uma cobertura não sei de onde tirei isso, quando chegamos no curral, vi que era um lugar HORRÍVEL pra acampar, e para melhorar o Jorge diz:

"-Está vendo aquele morro? Ali em cima é o final da trilha, é onde deveríamos acampar, no alto da Pedra do Bispo."

RESUMINDO: O Jorge enganou a gente desde antes da floresta para podermos chegar no topo da Pedra do Bispo, levando a gente de lugar em lugar até o final ¬¬ foi um golpe super baixo MAS valeu a pena.

Quando comecei a subir e ver a vista, fiquei emocionada.... sem palavras. Não conseguia imaginar tamanha beleza vista de cima desse lugar fantástico!

Primeira etapa concluída com muito suor!! Agora a segunda etapa, montar o acampamento e esperar pela tempestade que estávamos esperando...

Montamos a barraca super rápido e ficamos vendo o "sol se por" na verdade foi só ficando escuro mesmo, porque estava cheio de nuvem :P




DO NADA o Jorge falou pra gente entrar e falamos, vamos ficar mais um pouco... Quando olhamos para trás vimos uma luz muito forte vindo lá de longe apagando e surgindo do nada, CLARO QUE ERA UM E.T. !!! Ficamos apavorados e entramos na barraca hehe. A barraca merece um parágrafo a parte que falarei no final do post! =)

Então... a Dara apagou e o Jorge um tempo depois também... -.- Não tenho sorte com isso, fiquei acordada a noite inteira esperando o TCHAN da trip, o sol nascendo, fiquei controlando a hora a noite inteira escutando o vento la fora achando que estava caindo um temporal...

Quando finalmente deu umas cinco e pouca da manha ( um horário bom para sair da barraca, esperar o sol nascer, configurar a maquina, montar tripé etc...) eu fui la fazer tudo isso que está dentro dos parenteses!! Todos vieram para fora e ficamos lá, esperando o lindão aparecer!

Novamente, não tenho palavras para explicar esse momento sensacional, que valeu todo esforço de subir na pedra do Bispo, um visual incrivelmente excepcional e um nascer do sol MUITO ALÉM DAS EXPECTATIVAS, estávamos acima das nuvens, vendo o sol nascer e colorir todo o céu de cores que não podem ser reproduzidas de jeito nenhum, foi espetacular!!!






Em um momento de felicidade extrema e tristeza por ter que voltar, desmontamos a barraca (que foi além do que estávamos esperando também), foi tudo muito rápido. Quando vimos já estávamos no meio do caminho de volta, só que com o pé ferrado e meias molhadas e tudo cheio de lama.

Só digo uma coisa do final: O meu pé DOEU mas doeu MUITO pra chegar no final da trilha. Quando chegamos naquele riacho do meio da trilha, lá do começo do post, tive que tirar o tênis e fazer uma "massagem natural de águas cristalinas" para continuar a caminhada, porque doía muito mesmo O.o



Não tivemos a mesma sorte do começo, de pegar uma carona super legal até o final do morro do estado, tivemos que ir andando até o centro de Rio Claro pra pegar um ônibus. Nesse morro passaram por nós: um grupo de garotos (até ai tudo bem...) uma mulher carregando uma criança no colo (beleza... estamos com mais dor que ela hehehe) um casal de idosos usando bengala!!! (nos sentimos um caco quando eles passaram batidos por nós!!!)

Chegamos vivos, queimados e com muita dor no centro de Rio Claro, mas super valeu a pena, ainda deu pra curtir um pouquinho do carnaval HAHAHA





DICAS DO POST !!!

Como chegar:
Chegar em Rio Claro vindo do Rio de Janeiro é super fácil.
Rodoviária do Rio ou de Niterói tem ônibus direto pra Barra Mansa, custa em torno de R$40,00. (2h de viagem)
Em Barra Mansa você pega um ônibus na rodoviária mesmo para Rio Claro, custa em torno de R$7,00 (40 minutos)

Chegando no centro de Rio Claro, é só ir andando até a pedra do bispo (simples assim!!!)

O que levar:
Levamos biscoitos, bananas para comer e muita água.
Você só vai encontrar algo pra comprar no centro de Rio claro, depois não tem mais nada.
DICA: leve aqueles sanduíches de mortadela ou algo do gênero, ficamos com um pouco de fome.

Quanto tempo:
Demoramos em torno de 5 horas para subir, porque paramos muito.
Passar uma tarde e ver o sol nascendo é o tempo ideal para ficar la.

Agora a barraca:

NORD OUTDOOR.
Li muito na internet sobre ela, muitas pessoas falando mal... ai fiquei com um medinho mas arrisquei..
Precisávamos de uma barraca para 3 pessoas, e eu comprei a de 2 lugares.
Ps: já tive duas barracas da trilhas e rumos.

-Prós:
- A barraca para duas pessoas cabem 3 pessoas super confortável, tanto sentado como deitado.
- Super fácil de montar, qualquer um consegue montar.
- Bastante resistente a chuva, e a ventos SUPER forte!!

-Contra:
- A barraca não tem onde pendurar uma lanterninha. hehehe

Conclusão:
AMEI a barraca gente, sério. Pode comprar sem medo.



Para finalizar o post, mais algumas fotos:





Espero que tenham gostado!!!
Vejo vocês em breve!!!!


You may also like

4 comentários:

João Marcos Coelho disse...

Fantástico!!!

Juliana Pedroso disse...

Mó profissa!
To adorando isso aqui.

Ana Cláudia Mesquita disse...

Olá!
Amei sua descrição da subida, subi a "Pedra do Bispo" pela 1ª vez antes de ontem (20/04/14). Fui com meus filhos e uns amigos. Saímos de Rio Claro às 3:30 da manhã. Não foi o suficiente para ver o sol nascendo lá do alto, chegamos às 7:00. Se formos novamente na mesma época do ano combinamos de sair às 2 ou 2:30 da manhã.
Voltamos logo, não demoramos lá em cima pra não pegar sol muito forte na descida.
A descida castiga tanto quanto a subida e levamos o mesmo tempo na caminhada.
Reforço sua indicação de levar mt água, lanches, meias, casaco, blusa extra e lanternas. Na subida, dá pra suar até quem não transpira muito e lá em cima o vento é bem gelado.
Gostei muito das suas fotos e da sua visão da cidade e da aventura. Não sabia quanto a História das duas pedras...
Boas aventuras a você e seu grupo.
Deus os abençoe!
a1claudia@yahoo.com.br
Ana Cláudia

Louyse Gerardo disse...

Olá Ana fico muito feliz que tenha gostado do Post!
Nós quase não conseguimos chegar no topo hahaha por isso fomos antes e acampamos lá em cima mesmo, se tivesse sido as 3 da manha não teríamos visto o nascer do sol rsrs vocês estão de parabéns!! Na próxima vocês conseguem ver o sol nascendo, é muito lindo!! Experiência única!